1

1

domingo, 19 de setembro de 2010

Leitura Orante de Bíblia


A LECTIO DIVINA sob um outro prisma
Pe. David de Jesus

“Ignorar as Escrituras é ignorar Cristo” (São Jerônimo)

A leitura orante da Palavra nada mais é do que a maneira como gerações de judeus e cristãos leram as Sagradas Escrituras, procurando nelas uma palavra do Deus vivo para sua vida, em cada momento de sua história pessoal, comunitária e social.

Trata-se de uma leitura feita em clima de diálogo com o Senhor, em clima de oração, prestando atenção tanto ao texto bíblico quanto à realidade atual. O lugar privilegiado deste diálogo com o Deus vivo é a comunidade reunida em Assembléia litúrgica (liturgia da Palavra). Mas pode ser preparado e prolongado com a leitura individual. A leitura orante não é possível sem a orientação do Espírito Santo.

Por isso, invocamos sua ajuda antes de iniciá-la. e nunca nos esquecemos de que no centro de toda a nossa compreensão, seja da Bíblia, seja da realidade atual, está Jesus Cristo, a Verdade e a Vida.

Os “passos” da Leitura Orante:

O caminho da acolhida da Palavra pode ser comparado a uma escada de 5 degraus. Em latim, convencionalmente chamamos de LECTIO (leitura), MEDITATIO (meditação), ORATIO (oração), CONTEMPLATIO (contemplação), COMMUNICATIO (comunicação).

Antes da leitura, é importante que nos recolhamos e peçamos humildemente a ajuda do Espírito Santo. A Leitura Orante supõe participação na comunidade e nos trabalhos (missão) que ela faz dentro e fora da Igreja.

LECTIO
(O que a palavra diz em si mesma)

Ler e reler o texto, baixinho e em voz alta; escutar o texto (alguém está falando!).

Prestar atenção a cada palavra, às idéias, às imagens, ao ritmo, à melodia. Tentar entender o texto (no contexto em que foi escrito). Se for possível, recorrer também a um bom comentário de um biblista.

MEDITATIO 
(o que a Palavra diz HOJE para mim)

Repetir o texto (ou a parte que mais gerou interesse) com a boca, a mente e o coração; não “engolir” logo o texto e sim mastigá-lo, ruminá-lo, tirando dele todo o seu sabor. Não ficar só com as idéias que contém mas deixar que as próprias palavras mostrem sua força.

Penetrar no texto e interiorizá-lo, compreendê-lo, interpretá-lo a partir de nossa realidade; indentificarmo-nos com ele: perceber como o texto expressa nossas próprias experiências, sentimentos e pensamentos.

Trata-se de atualizar o texto: perceber como ele acontece hoje em nossa realidade pessoal, comunitária e social; perceber qual a palavra que o Senhor poderá estar nos dizendo.

ORATIO
(O que a Palavra me leva a dizer)

Deixar brotar de dentro do coração tocado pela Palavra uma resposta ao Senhor. Dependendo da Leitura e da meditação feita, poderá ser uma resposta de admiração, louvor, agradecimento, pedido de perdão, compromisso, clamor, pedido, intercessão…

CONTEMPLATIO
(“O Senhor disse e tudo foi feito: ele ordenou e tudo existiu” Sl 32,91)

A Bíblia não usa o verbo contemplar e sim, escutar, conhecer, ver. Trata-se de saborear, “curtir” a presença de Deus, o jeito de Ele ser e agir, oo quanto Ele é bom e o quanto faz por nós. supõe uma entrega total na fé. Passa necessariamente pelo conhecimento de Jesus Cristo (“Quem me vê, vê o Pai!”), que se encontra do lado dos pobres.

COMMUNICATIO
(Destinatário da Palavra é o povo de Deus)

A communicatio é compartilhar e fraternizar, santidade e missão. A partir do que o Senhor fez e falou ao nosso coração, levar ao povo sedento da Palavra de Deus e da manifestação dos seus santos.

Na Liturgia, durante o canto de um salmo ou de um hinos, estes degraus acontecem praticamente ao mesmo tempo. A LECTIO e a MEDITATIO dependem mais de nossa vontade, de nossa atenção. Os demais dependem mais da Graça de Deus, do Espírito Santo que trabalha em nós. Comece já sua Leitura orante e verás em sua vida o acréscimo do Deus Vivo…

LEITURA ORANTE DA BÍBLIA OU LECTIO DIVINA
PRIMEIRA FORMAÇÃO
A leitura orante da Bíblia, ou LECTIO DIVINA, é um alimento necessário para a nossa vida espiritual. A partir desta oração, conscientes do plano de Deus e sua vontade, podemos produzir frutos espirituais em nossa vida. Santa Terezinha do Menino Jesus dizia, em seu período de aridez espiritual, que quando os livros espirituais não lhe diziam mais nada, ela buscava no Evangelho o alimento da sua alma.

OS PASSOS DA LECTIO DIVINA:
Oração Inicial:
Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado; e renovareis a face da terra. Deus que instruístes os corações dos vossos fiéis com as luzes do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas e gozemos sempre da sua consolação. Por Cristo Senhor nosso. Amém.
Leitura da Palavra de Deus:
Leia, com calma e atenção, o Evangelho do dia. Se for preciso, leia quantas vezes forem necessárias. Então procure identificar as coisas importantes deste trecho da Bíblia: o ambiente, os personagens, os diálogos, as imagens usadas, as ações. Você conhece algum outro trecho que seja parecido com este que você leu? É importante que você identifique tudo isto com calma e atenção, como se estivesse vendo a cena. É um momento para conhecer e reconhecer a Boa Notícia que este trecho traz!

Meditar a Palavra de Deus:
É o momento de descobrir os valores e as mensagens espirituais da Palavra de Deus: é hora de saborear a Palavra de Deus e não apenas estudá-la. Você, diante de Deus, deve confrontar este trecho com a sua vida. Feche os olhos, é preciso concentrar-se.

Rezar a Palavra de Deus:
Toda boa meditação desemboca naturalmente na oração. É o momento de responder a Deus após havê-lo escutado. Esta oração é um momento muito pessoal que diz respeito apenas à pessoa e Deus. Não se preocupe em preparar palavras, fale o que vai no coração depois da meditação: se for louvor, louve, se for pedido de perdão, peça perdão; se for necessidade de maior clareza, peça a luz divina; se for cansaço e aridez, peça os dons da fé e da esperança.
Contemplar a Palavra:
Desta etapa a pessoa não é dona. É um momento que pertence a Deus e sua presença, misteriosa sim, mas sempre presença. É um momento onde se permanece em silêncio diante de Deus. Se Ele o conduzir à contemplação, louvado seja Deus! Se Ele lhe der apenas tranquilidade de uns momentos de paz e silêncio, louvado seja Deus! Se para você for um momento de esforço de querer estar na presença de Deus, louvado seja Deus!

Conservar a Palavra de Deus na sua vida:
Leve a Palavra de Deus e o fruto desta oração para a sua vida. Não se preocupe se alguma coisa não for bem, um dos frutos da Palavra de Deus é a noção do erro e a conversão pela sua misericórdia. O importante é que a semente da Palavra de Deus produza frutos e que o povo de Deus possa ser alimentado pelos testemunhos de fé, esperança e amor.

Termine com a oração do Pai Nosso e três Ave-Marias, consciente de querer viver a mensagem do Reino de Deus e fazer a Sua vontade.

SUGESTÃO PARA UM PROGRAMA DE VIDA ESPIRITUAL:
1º – Todos os dias reserve no mínimo de 15 a 20 minutos para oração pessoal com a Bíblia. Aos poucos vá aumentando este tempo.
2º – Faça uma visita semanal ao Santíssimo Sacramento.
3º – Nunca falte a missa dominical.
4º – Confesse regularmente.
5º – Reze diariamente o terço, se não for possível recitá-lo de uma só vez, faça-o em partes durante o dia, até completar as cinco dezenas.

(Texto retirado do Excelente Blog Semeando Catequese)

Um comentário:

  1. Boa noite,Roberto,

    Durante a visita ao seu Blog, verifiquei que aposta na oração. Aprecio essa preocupação ao contrário do que se pensa, rezar ensina-se e aprende-se. Gosto de meditar a Palavra de Deus mas nem sempre sigo este esquema e muito bom aprender e ter uma disciplina que nos ajude a caminhar na oração. Obrigada.

    Paz e Bem
    Odete salgado
    Msalgado1@sapo.pt
    www.oracaovirtual.com.pt

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim... Caso você não tenha uma conta do Google e fizer seu comentário de forma anônima, não esqueça de deixar seu nome e seu e-mail para que eu possa entrar em contato com você!

PAZ & BEM!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...