sábado, 10 de março de 2012

Não julgueis, e não sereis julgados...


É muito comum dividir a humanidade em dois grupos: os bons e os maus. Seria interessante que você analisasse em que grupo se coloca a si mesmo, como também instintivamente colocamos os outros entre os maus.
Sentimo-nos melhores do que somos e, pelo contrário, julgamos os outros piores do que são. Achamos que os outros têm que mudar, ao passo que julgamos que nós não temos necessidade alguma de mudar.
Porém, será bom que você pare para pensar: Como seria o mundo, se todos fossem como você? Você deverá analisá-lo com toda a sinceridade; não seja tão fácil em dar-se a si mesmo o certificado de boa conduta, sendo você tão rígido exigente em dá-lo aos que o rodeiam. Oxalá Deus não lhe inverta os papéis e julgue a você com a exigência com que você julga os demais.

Não julgueis, e não sereis julgados; com a mesma medida com que medirdes, sereis medidos. Norma justíssima estabelecida por Cristo para os seus. "Assim, és inescusável, ó homem, quem quer que sejas, que te arvoras em juiz. Naquilo que julgas a outrem, a ti mesmo te condenas, fazes as mesmas coisas que eles" (Rom 2, l).
Nossa vida, embora humana, Cristo já divinizou;
E com Ele por todo o mundo vamos difundindo amor.

Fonte: Catequisar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para mim... Caso você não tenha uma conta do Google e fizer seu comentário de forma anônima, não esqueça de deixar seu nome e seu e-mail para que eu possa entrar em contato com você!

PAZ & BEM!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...