sábado, 3 de março de 2012

Quaresma 2012 - Campanha da Fraternidade

A Quaresma é um caminho que nos leva ao encontro do Crucificado e do Ressuscitado. Caminho que a comunidade de fé é convidada a percorrer durante quarenta dias, recordando assim os quarenta anos que o povo de Israel percorreu pelo deserto em busca da terra prometida; é recordação dos quarenta dias que Jesus passou no deserto, antes de iniciar sua missão.
Iniciamos nosso itinerário quaresmal com a imposição das cinzas. As cinzas recordam nossa condição humana: somos pó, estamos nesse mundo de passagem! Diante dessa realidade, enquanto homens e mulheres que vivem na fé e da fé, somos convidados a viver mais intensa e autenticamente o Evangelho de Jesus Cristo, qual Boa Nova que oferece Vida em plenitude.
No Brasil existe uma longa e saudável tradição de, durante esse tempo privilegiado da Quaresma, fomentar no seio da comunidade eclesial a reflexão em torno de temas que dizem respeito à vida dessa mesma comunidade. A reflexão em torno de um determinado tema tem como objetivo suscitar ações transformadoras a partir de indicações do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Para a quaresma deste ano de 2012 o tema escolhido é “Fraternidade e a Saúde Pública”, com o lema Que a saúde se difunda sobre a terra (cf. Eclo 38,8). O objetivo geral dessa Campanha da Fraternidade é refletir sobre a realidade da saúde no Brasil em vista de uma vida saudável, suscitando o espírito fraterno e comunitário das pessoas na atenção aos enfermos e mobilizar por melhorias no sistema público de saúde. Com isso, a comunidade de fé é calorosamente convidada a refletir sobre algo que toca a todos: a saúde integral do ser humano. A saúde é dom que Deus confiou à responsabilidade humana. Ora, a saúde (‘salus, salutis’: conservação da vida, afastamento do perigo, saúde, salvação) é graça, é dádiva que necessita ser cuidada e cultivada. Esse dom não pode ser transformado em negócio!
O Sistema Único de Saúde (SUS) se propõe a promover a saúde, priorizando as ações preventivas, democratizando as informações relevantes para que a população conheça seus direitos e os riscos à sua saúde; tem como meta o atendimento de todos, e está estruturado a partir de princípios doutrinais (universalidade, integridade, equidade) e princípios organizacionais (regionalização, hierarquização, descentralização, racionalização e resolução). O Sistema, em fase de implantação, para que chegue à sua realização, necessita de incremento de recursos financeiros, melhor organização, diminuição dos desperdícios e das irregularidades, e estabelecimento de prioridades no atendimento em benefício das classes sociais mais desfavorecidas, social e economicamente.
Trata-se de uma obra que toca a todos: poder público e sociedade. No Brasil, infelizmente convivemos com a realidade da corrupção presente em amplos setores da sociedade. Onde ela se faz presente, a ética não encontra lugar, e os interesses de alguns poucos se sobrepõem aos interesses do bem comum. Essa chaga só poderá ser curada com a mobilização de pessoas de boa vontade. Somente a sociedade mobilizada e organizada poderá favorecer as condições necessárias para que ‘a saúde se difunda’ em seu seio.
Durante os quarenta dias da Quaresma nos é oferecida a oportunidade de refletir sobre a saúde de nossa vida cristã. Durante este tempo somos convidados a avaliar o nosso caminho pessoal e comunitário de fé. A oração, o jejum, o silêncio, a reflexão, a partilha são meios privilegiados para alimentar a esperança de viver a alegria pascal.
Nós, em todas as nossas paróquias, em nossas comunidades, em nossas famílias queremos fazer desse tempo, um tempo de verdadeira preparação para a Páscoa – a festa da Vida, e da ‘vida em plenitude’. Eu vim para que todos tenham vida, diz Jesus.
Possa o nosso povo participar da vida do Reino; possam todos gozar de ‘saúde’, afim de um dia poderem participar da ‘vida plena’.

+ Jaime Spengler
Bispo Auxiliar de Porto Alegre
Vigário Episcopal para a região de Gravataí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para mim... Caso você não tenha uma conta do Google e fizer seu comentário de forma anônima, não esqueça de deixar seu nome e seu e-mail para que eu possa entrar em contato com você!

PAZ & BEM!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...