domingo, 22 de julho de 2012

Jovens atendem chamado para evangelizar por meio da comunicação

O 3º Encontro Nacional de Pascom, que está sendo realizado em Aparecida (SP), tem despertado a atenção e o interesse dos jovens. Ao passar pelo local do evento, não é difícil encontrar um jovem atento às orientações para melhorar o trabalho das Pastorais que trabalham com a comunicação na Igreja.
A Igreja se mostra aberta aos benefícios que os novos tipos de tecnologia e mídias podem trazer, em especial para o trabalho de Pascom, e isso se torna um atrativo para os jovens. Para o assessor de comunicação da diocese de Lorena (SP), padre Odirlei da Silva Fernandes, que participa do encontro, o papel que os jovens desempenham na Pascom é muito importante.
“Essa alegria, essa expressão, interatividade com a internet, tudo é uma ‘explosão’ de comunicação na mão dos jovens. É importante vermos também aqui neste encontro a presença muito grande dos jovens, o que faz com que a comunicação e evangelização aconteçam também por meio deles”, disse.
O padre lembrou que a juventude está se preparando para um grande evento no próximo ano, a Jornada Mundial da Juventude, que será realizada no Rio de Janeiro, e o alcance da comunicação realizada pela JMJ é grande e significativo para a Igreja no Brasil.
“Os jovens tendo esse conteúdo, fazendo a experiência pessoal com Jesus e tendo no coração o desejo de anunciar Jesus através dos meios de comunicação, isso é um grande modo de evangelização”.

Juventude engajada
A jovem Raquel Gomes de Lucena, de 21 anos, é uma das participantes do 3º Encontro Nacional de Pascom. Ela contou que há quatro meses está na Pastoral de Comunicação do regional Nordeste 2, da CNBB e que não hesitou ao atender o chamado para o trabalho na Pascom.
“Eu faço História e esse chamado foi um pouco estranho. No começo eu pensei que não fosse dar conta, mas no dia-a-dia, todos me acolheram muito bem e eu abracei o trabalho”.
Assim como Raquel, o jovem estudante Felipe Leal Pereira, de 16 anos, participa ativamente dos trabalhos de Pascom, aliás, em sua paróquia, a iniciativa para a formação da Pastoral surgiu dele. “A ideia surgiu de mim, eu conversei com um amigo e aí nós fomos falar com nosso pároco, que aceitou a ideia. Começamos a trabalhar no início de ano. Nosso trabalho, na verdade, é pequeno ainda, porque temos somente o informativo paroquial, mas já vemos os frutos, as pessoas gostam de receber”, contou.
Ele acredita que é importante investir para que o trabalho das Pastorais de Comunicação possa se aperfeiçoar, já que muitas pessoas têm acesso aos meios de comunicação e estes podem ser usados para evangelizar.
“Todo mundo hoje usa a internet, vê televisão ou ouve rádio, então a Palavra de Deus tem que ser difundida por esses meios, já que eles estão disponíveis para nós. A comunicação é uma graça de Deus e nós temos que estar inseridos nesses meios mesmo para difundir a Palavra do Pai”.

(FONTE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para mim... Caso você não tenha uma conta do Google e fizer seu comentário de forma anônima, não esqueça de deixar seu nome e seu e-mail para que eu possa entrar em contato com você!

PAZ & BEM!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...