segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Querigma de Maria

anaPeça que as crianças olhem a figura e deixe que elas digam o que seu formato tem a ver com Maria. Apresente então uma figura de cada vez dizendo (leia várias vezes em casa, entenda o texto, reze... Que você possa conversar com as crianças olhando nos olhos delas, sem ler):

Maria é a flor mais linda do jardim de Deus! E esse coração no meio, o que significa?

Amarelo – Maria é Cheia de Graça (Lc 1,28)

AMOR DE DEUS - porque ele está cheio de amor, carinho, felicidade graça. Maria tem um coração amoroso, bondoso, sempre pronto a amar cada um de nós seus filhos.

Quando o Anjo Gabriel foi levar o recado de Deus para Maria, ele disse: “Ave, cheia de graça”. Ave é um cumprimento e cheia de graça quer dizer cheia de amor, fidelidade, alegria, paz, etc.

Foi o amor de Deus por mim e por você que fez com que Ele escolhesse Maria e a preparasse para ser a Cheia de Graça, a filha predileta do Pai. Maria era uma pessoa importantíssima em Seu plano de amor para todas as pessoas de todos os tempos. Assim como a cor amarela envolve toda essa figura, também o Amor de Deus envolveu Maria e fez nela grandes coisas. O Amor de Deus também envolve você, pois Deus ama você imensamente!

Preto – Maria é a Imaculada Conceição. Imaculada = sem pecado. Conceição = concepção, concebida. Concebida sem pecado.

PECADO - porque ela foi concebida sem o pecado original, nos ensina a ter um coração obediente, que busca dizer não ao pecado.

O pecado que nos impede de sentir esse amor de Deus, em Maria não teve nenhum poder, pois ela é a Imaculada Conceição, isto é, ela foi concebida e nasceu sem o pecado original (pecado da desobediência a Deus cometido por Adão e Eva). Todos nós nascemos com esse pecado, mas Maria não. O pecado original foi apagado em nós quando recebemos o sacramento do batismo. Assim como o pecado não teve lugar na vida de Maria, também não pode ter na sua vida.

Vermelho – Maria é a Mãe de Jesus (Lc 1, 31), Mãe de Deus (Mt 1,23)

SALVAÇÃO – porque ela gerou Jesus em seu ventre, foi o canal para nos trazer a salvação.

Devemos dizer não ao pecado em todos os instantes de nossa vida justamente por causa do Filho de Maria.

“... porque realizou em mim maravilhas Aquele que é poderoso e cujo nome é santo”.

São palavras de Maria no cântico do Magnificat (Lc 1, 49). E a maior e mais importante maravilha que Deus fez em Maria foi gerar no ventre dela, por obra do Espírito Santo, Jesus Cristo, nosso Salvador. Ele morreu na cruz por causa de nossos pecados e ao terceiro dia ressuscitou, dando-nos uma vida nova, vida de ressuscitados e de filhos amados de Deus. Ele venceu a morte, o mal e o pecado! Jesus já pagou o preço de nosso resgate com seu sangue precioso, o sangue de um Deus. Somos livres para amar e seguir Jesus!

Verde – Maria é a serva do Senhor (Lc 1, 38)

FÉ E CONVERSÃO – porque ela disse sim para Deus sem medo, sabia de todas as mudanças que iriam ter em sua vida, mas mesmo assim disse sim com coragem e audácia.

Maria acreditou nas palavras de Deus ditas através do anjo Gabriel, que ela seria a mãe de Jesus, o Filho de Deus e que “o Espírito Santo desceria sobre ela e a força do Altíssimo a envolveria com sua sombra”. Maria é o exemplo de pessoa cheia de fé, pois sua atitude foi de entrega e de serviço; “Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra”. (Lc 1, 38). Devemos imitar Maria, crer em Deus, crer em Jesus Cristo e mudar de vida, trocar os nossos planos pelos de Deus, fazendo a Sua Vontade que é infinitamente melhor que a nossa.

Branco – Maria é a Esposa do Espírito Santo (Lc 1, 35) e Rainha da Paz.

ESPÍRITO SANTO – Ela é cheia do Espírito Santo, foi a primeira viver o pentecostes.

Dizemos que Maria é esposa do Espírito Santo porque Ele gerou nela Jesus Cristo, Filho de Deus.. “Vocês não sabem que o Espírito Santo habita em vocês?” Nós também, pelo nosso batismo, recebemos o Espírito Santo e precisamos todos os dias pedir que Ele envolva todo nosso ser. Devemos pedir todos os dias; “Enche-me, Espírito Santo!”. Ele nos ajuda a amar como Jesus ensinou e como Maria amou: perdoando, repartindo, tratando a todos com respeito e atenção.


Azul – Maria é a Estrela da Evangelização – Nossa Mãe (Jo 19,27) e Bem Aventurada (Lc 1, 48).

COMUNIDADE - Maria viveu em comunidade e nos ensina a viver amando e respeitando uns aos outros. Ela seguiu o mandamento de Jesus: Amar uns aos outros. E seu amor foi tão grande que ela foi escolhida por Jesus para ser a mãe de cada um de nós.

Deus é uma família: Pai, Filho e Espírito Santo.

Por Jesus, nós também somos da família de Deus.

Nossa família tem uma Mãe, porque Jesus nos deixou uma Mãe.

Quando Jesus viu sua mãe e perto dela o discípulo que amava, disse à sua mãe:

“Mulher, eis aí teu filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe”.

Naquele momento João representava cada um de nós.

Com Maria e os irmãos formamos uma comunidade cristã, pois temos em comum o amor por Jesus e por Ele vivemos em unidade. Deus nos quer uma comunidade de amor que celebra a fé, partilha o pão, se une em oração, perdoa-se e ajuda-se sempre e segue a doutrina dos apóstolos.

ana1Maria é Bem Aventurada (Lc 1, 48) – Bem Aventurada quer dizer muito feliz, aquela que tem a felicidade do Céu. Maria, como mãe de Jesus e nossa mãe, quer que todos os seus filhos também tenham a felicidade do Céu. Viver em comunidade é o meio mais eficaz para se ter essa felicidade verdadeira. Somos cidadãos do Céu e lá é o nosso lugar!

por Ana Paula Brito Generoso

Publicado originalmente na 1ª Edição da Revista dos Catequistas Unidos

Visite nosso site: www.catequistasunidos.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para mim... Caso você não tenha uma conta do Google e fizer seu comentário de forma anônima, não esqueça de deixar seu nome e seu e-mail para que eu possa entrar em contato com você!

PAZ & BEM!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...