segunda-feira, 30 de maio de 2011

Mensagem…

homem-empurrando-penedo1 Nunca mais direi “eu não posso”, pois

“tudo posso naquele que me fortalece”.

(Filipenses 4, 13)

O mistério da Santíssima Trindade

sstrindade1 As três pessoas da Santíssima Trindade é um só Deus em Três Pessoas distintas. O Pai, o Filho e o Espírito Santo, possuem a mesma natureza divina, a mesma grandeza, bondade e santidade. Apesar disso, através da história, a Igreja tem observado que certas atividades são mais apropriadas a uma pessoa que a outra. A Criação do mundo é mais apropriada ao Pai, a redenção ao Filho e a Santificação, ao Espírito Santo. Nenhuma das Três pessoas Trinitárias exerce mais ou menos poder sobre as outras. Cada uma delas tem toda a divindade, todo poder e toda a sabedoria. E justamente, nesta breve dissertação, constatamos a profundidade do mistério da Santíssima Trindade, ante a complexidade em assimilar a magnitude de Três pessoas distintas formando um só Deus. Trata-se, portanto, de um grande mistério, central da fé cristã. As Escrituras são claras a respeito da Santíssima Tindade, desde o antigo, até o novo Testamento.
A festa da Santíssima Trindade é um dos dias mais importantes do ano litúrgico. Nós, como cristãos a celebramos convictos pelos ensinamentos da Igreja, que possui a plenitude das verdades reveladas por Cristo. É dogma de fé estabelecido, a essência de um só Deus em Três Pessoas distintas: Pai, Filho e Espírito Santo. É um mistério de difícil interpretação, impossível, de ser assimilado pelas limitações humanas.
Há séculos a Santa Igreja ensina o mistério de Três Pessoas em um só Deus, baseada nas claras e explícitas citações bíblicas. Mas desaconselha a investigação no sentido de decifrar tão grande mistério, dada a complexidade natural que avança e se eleva para as coisas sobrenaturais.
Santo Agostinho de Hipona, grande teólogo e doutor da Igreja, tentou exaustivamente compreender este inefável mistério. Certa vez, passeava ele pela praia, completamente compenetrado, pediu a Deus luz para que pudesse desvendar o enigma. Até que deparou-se com uma criança brincando na areia. Fazia ela um trajeto curto, mas repetitivo. Corria com um copo na mão até um pequeno buraco feito na areia, e ali despejava a água do mar; sucessivamente voltava, enchia o copo e o despejava novamente. Curioso, perguntou à criança o que ela pretendia fazer. A criança lhe disse que queria colocar toda a água do mar dentro daquele buraquinho. No que o Santo lhe explicou ser impossível realizar o intento. Aí a criança lhe disse: “É muito mais fácil o oceano todo ser transferido para este buraco, do que compreender-se o mistério da Santíssima Trindade”. E a criança, que era um anjo, desapareceu...
Santo Agostinho concluiu que a mente humana é extremante limitada para poder assimilar a dimensão de Deus e, por mais que se esforce, jamais poderá entender esta grandeza por suas próprias forças ou por seu raciocínio. Só o compreenderemos plenamente, na eternidade, quando nos encontrarmos no céu com o Pai, o Filho e o Espírito Santo.
Ao participarmos da Santa Missa observamos que, desde o início, quando nos benzemos, até o momento da bênção trinitária final, constantemente o sacerdote invoca a Santíssima Trindade, particularmente durante a pregação eucarística. As orações que o padre pronuncia após a consagração, que por certo são dignas de serem ouvidas com atenção e recolhimento, são dirigidas a Deus Pai, por mediação de Jesus Cristo, em unidade com o Espírito Santo. E é na missa onde o cristão logra vislumbrar, pela graça do Espírito Santo, o mistério da Santíssima Trindade. Devemos, neste momento, invocar a Deus Trino, que aumente nossa fé, porque sem ela, será impossível crer neste mistério, mistério de fé no sentido estrito. Mesmo sem conseguir penetrar na sua essência o cristão deverá, simplesmente, crer nele.
O mistério da Santíssima Trindade é uma das maiores revelações feita por Nosso Senhor Jesus Cristo. Os judeus adoram a unicidade de Deus e desconhecem a pluralidade de pessoas e a sua unidade substancial. Os demais povos adoram a multiplicidade de deuses. O cristianismo é a única religião que, por revelação de Jesus, prega ser Deus uno em três pessoas distintas:
DEUS PAI – Não foi criado e nem gerado. É o “princípio e o fim, princípio sem princípio”; por si só, é Princípio de Vida, de quem tudo procede; possui absoluta comunhão com o Filho e com o Espírito Santo. Atribui-se ao Pai a Criação do mundo.
DEUS FILHO – Procede eternamente do Pai, por quem foi gerado, não criado. Gerado pelo Pai porque assumiu no tempo Sua natureza humana, para nossa Salvação. É Ele Eterno e consubstancial ao Pai (da mesma natureza e substância). Atribui-se ao Filho a Redenção do Mundo.
DEUS ESPÍRITO SANTO – Procede do Pai e do Filho; é como uma expiração, sopro de amor consubstancial entre o Pai e o Filho; pode-se dizer que Deus em sua vida íntima é amor, que se personaliza no Espírito Santo. Manifestou-se primeiramente no Batismo e na Transfiguração de Jesus; depois no dia de Pentecostes sobre os discípulos. Habita nos corações dos fiéis com o dom da caridade. Atribui-se ao Espírito Santo a Santificação do mundo.
O Pai é pura Paternidade, o filho é pura Filiação e o Espírito Santo, puro nexo de Amor. São relações subsistentes, que em virtude de seu impulso vital, saem um ao encontro do outro em perfeita comunhão, onde a totalidade da Pessoa está aberta à outra distintamente. Este é o paradigma supremo da sinceridade e liberdade espiritual a que devem ter as relações interpessoais humanas, num perfeito modelo transcendente, só assim, compreensível ao entendimento humano. É desta forma que devemos conhecer a mensagem a Santíssima Trindade, mesmo sem alcançar os segredos do seu mistério. Desta maneira, devemos nos comprometer a adquirir certas atitudes nas nossas relações humanas. A Igreja nos convida a “glorificar a Santíssima Trindade”, como manifestação da celebração. Não há melhor forma de fazê-lo, senão revisando as relações com nossos irmãos, para melhorá-las e assim viver a unidade querida por Jesus: “Que todos sejam um”.

FONTE: SITE CATEQUISAR

domingo, 29 de maio de 2011

Pentecostes

Pentecostes Era para os judeus uma festa de grande alegria, pois era a festa das colheitas. Ação de graças pela colheita do trigo. Vinha gente de toda a parte: judeus saudosos que voltavam a Jerusalém, trazendo também pagãos amigos e prosélitos. Eram oferecidas as primícias das colheitas no templo. Era também chamada festa das sete semanas por ser celebrada sete semanas depois da festa da páscoa, no qüinquagésimo dia. Daí o nome Pentecostes, que significa "qüinquagésimo dia".

No primeiro pentecostes, depois da morte de Jesus, cinqüenta dias depois da Páscoa, o Espírito Santo desceu sobre a comunidade cristã de Jerusalém na forma de línguas de fogo; todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas (At 2,1-4). As primícias da colheita aconteceram naquele dia, pois foram muitos os que se converteram e foram recolhidos para o Reino. Quem é o Espírito Santo?

O prometido por Jesus: "...ordenou-lhes que não se afastassem de Jerusalém, mas que esperassem a realização da promessa do Pai a qual, disse Ele, ouvistes da minha boca: João batizou com água; vós, porém, sereis batizados com o Espírito Santo dentro de poucos dias" (At 1,4-5).

Espírito que procede do Pai e do Filho: "quando vier o Paráclito, que vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade que vem do Pai, ele dará testemunho de mim e vós também dareis testemunho..." (Jo 15 26-27). O Espírito Santo é Deus com o Pai e com o Filho. Sua presença traz consigo o Filho e o Pai. Por Ele somos filhos no Filho e estamos em comunhão com o Pai.

** Retirado do Site http://wiki.cancaonova.com/index.php/Pentecostes

O Joio

Mt 13, 24-30

semeador-1Jesus Propôs uma parábola aos que o rodeavam:

“O Reino dos céus é semelhante a um homem que tinha semeado boa semente em seu campo. Na hora, porém, em que os homens repousavam, veio seu inimigo, semeou joio no meio do trigo e partiu. O Trigo cresceu e deu fruto, mas apareceu também o joio. Os servidores do pai de família vieram e disseram-lhe: - ‘Senhor, não semeaste bom trigo em teu campo? Donde vem, pois, o joio?’ Disse-lhes ele: - ‘Foi um inimigo que fez is to!’ Replicaram-lhe: – ‘ Queres que vamos e o arranquemos? ‘ Ele Disse: – ‘ Não! Arrancando o joio arricais a tirar também o trigo. Deixai-os crescer juntos até a colheita. No tempo da Colheita, direi aos ceifadores: Arrancai primeiro o joio e atai-o em feixes para queimar. Recolhei depois o trigo no meu celeiro’.”

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Mais um selinho de Presente…

Hoje ganhei este lindo selinho de presente… Agradeço a Sueli, do Blog http://paozinhodoceumaria.blogspot.com/, pelo carinho… Que Deus Ilumine hoje e sempre a caminhada dela como Catequista e que derrame todas as bençãos sobre a família dela!

 

Ave Maria Rogai Por Nós~1

quinta-feira, 26 de maio de 2011

O Semeador

Lc 8, 4-8; 11-15

o-semeador-2E o Mestre Falou:

“Saiu um semeador a semear a sua semente. E ao semear, parte da semente caiu à beira do caminho; foi pisada e as aves do céu a comeram. Outra caiu no pedregulho; e, tendo nascido, secou, por falta de umidade. Outra caiu entre os espinhos; cresceram com ela os espinhos e sufocaram-na. Outra porém, caiu em terra boa; tendo crescido, produziu fruto cem por um.” Dito isso, Jesus acrescentou: “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça! Eis o que significa esta parábola: a semente é a palavra de Deus. Os que estão à beira do caminho são aqueles que ouvem; mas depois vem o demônio e lhes tira a palavra do coração, para que não creiam nem se salvem. Aqueles que a recebem em solo pedregoso são os ouvintes da palavra de Deus que a acolhem com alegria: mas não tem raiz, porque cr êem até certo tempo e na hora da provação a abandonaram. A que caiu entre os espinhos, estes são os que ouvem a palavra, mas prosseguindo o caminho, são sufocados pelos cuidados, riquezas e prazeres da vida assim os seus frutos não amadurecem. A que caiu na terra boa são os que ouvem a palavra com coração reto e bom, retêm-na e dão fruto pela perseverança.”

terça-feira, 24 de maio de 2011

Carreata e Procissão de Santa Rita de Cássia

Festa de Santa Rita - 22.05.2011 (79)No último fim de semana, minha comunidade comemorou o dia de nossa Padroeira, Santa Rita de Cássia...

No sábado, dia 21/05, aconteceu a nossa carreata, onde a catequese participou ativamente na organização, ajudando nos enfeites dos carros que participaram desta atividade.

No domingo, dia 22/05, tivemos a nossa tradicional procissão, percorrendo diversas ruas de nosso bairro, levando as bençãos de nossa querida Santa a todas as pessoas... e logo após, tivemos o nosso almoço e os festejos que também fazem parte da tradição de nossa comunidade.

Compartilho com vocês aqui algumas fotos e alguns vídeos destas homenagens de nossa Santa:

Fotos da Carreata – 21/05/2011

Carreata (9)

Clique AQUI para ver as fotos da Carreata

 

Fotos da Procissão – 22/05/2011

Festa de Santa Rita - 22.05.2011 (19)

Clique AQUI para ver as fotos da Procissão

 

Alguns Vídeos feitos durante a Procissão…

 

 

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Especial – Santa Rita de Cássia

Santa Rita de CássiaNeste domingo, dia 22 de Maio, comemora-se o dia de Santa Rita de Cássia, a Padroeira de minha Comunidade e Santa de minha devoção… em homenagem a esta Santa, considerada a Padroeira das Causas Impossíveis, disponibilizo diversos Materiais em honra e Homenagem a esta Pessoa que foi símbolo de força e de Fé, e que de tanto amar a Cristo, partilhou de suas dores, seus sofrimentos e suas humilhações.

Para ler a história dela, CLIQUE AQUI! e leia uma postagem contando a vida de Santa Rita, postada neste mesmo blog no ano passado. E Abaixo, seguem alguns vídeos em homenagem a nossa Querida Santa:

 

 

 

 

 

 

gifsbyoriza-santa-rita1

domingo, 15 de maio de 2011

Agradeço a Deus pelo Dom da minha Vida…

ofHoje, pela Graça de Deus, comemoro mais um aniversário… Completo 29 anos de vida, e com a certeza de que foram bem vividos até agora…

Fazendo uma pequena reflexão sobre a minha existência, percebi que Sorte e Azar não existem… o que existe é Com Deus e Sem Deus… Explico:

Quando alguma coisa acontece de errado em nossas vidas, as pessoas costumam dizer que tiveram azar, não é mesmo? e quando as coisas dão certo, foi pura sorte… Interessante não é? Eu vejo esta questão sob uma ótica diferente; Vejo que Deus nos fornece os caminhos, nos mostra as direções que devemos seguir e nos dá as orientações necesárias para alcançar o sucesso nas diversas áreas de nossas vidas, sejam elas pessoais, amorosas, profissionais e principalmente religiosas… às vezes, ao invés de escolher o caminho Com Deus, escolhemos o caminho Sem Deus, e aí as dificuldades são mais constantes, parece que nosso caminho fica mais longo, cansativo e desanimador… e mesmo assim, se um de seus filhos escolhe este caminho do “azar” e se arrepende, Deus nos auxilia a voltar ao ponto de partida e escolher o caminho Com Deus;

Este ano completo 20 anos de vivência na Igreja Católica; comecei aos 9 anos como coroinha, passei pelo Grupo de Jovens e fazem 14 anos que sou Catequista, e este é principal motivo para acreditar que estou no caminho certo… Peço que Deus me conserve na fé e que eu possa continuar por muitos anos a ser seu instrumento na orientação das pessoas para que elas escolham os caminhos “Com Deus”…

E aos meus amigos, agradeço por todos que visitam meu blog, deixam seus comentários, mandam recados e e-mails, me adicionam no MSN… o que mais me motiva na minha missão de evangelizar na Internet é a força e o apoio de vocês…

Muito Obrigado por passarem mais um aniversário comigo…

Um Forte Abraço a todos e fiquem na Paz de Deus e no Amor de Maria.

Roberto Garcia

terça-feira, 10 de maio de 2011

Paz & Bem, pessoal…

Olá pessoal… Tudo bem?

Gostaria de pedir desculpas a todos vocês por eu estar meio sumido do blog ultimamente…

É que esu estou fazendo um curso após o meu trabalho, para assumir uma nova função na empresa em que trabalho, e tenho chegado muito tarde em casa, por volta de 00:30 h; como chego muito cansado, e tenho que acordar às 05:30 h todos os dias para trabalhar, não consigo me dedicar as postagens… Mas esta semana o curso acaba, e  devo retomar minha rotina normalmente, restabelecendo assim minhas atividades no Blog…

Obrigado pela compreensão e nos vemos em breve!

Um Forte abraço e fiquem na Paz de Deus e no Amor de Maria!!!

Roberto Garcia

domingo, 1 de maio de 2011

João Paulo II… João de Deus…

Beato João Paulo II (3)Hoje, dia 01 de Maio de 2011 é uma data histórica; João Paulo II, o nosso João de Deus, se tornará Beato da Santa Igreja Católica… Deixo aqui uma pequena homenagem a este Homem Santo, que reanimou a Igreja Católica, que chamou os Jovens para perto de Cristo, que deu uma atenção toda especial a Catequese… Enfim, um Papa que cativou a cada um, fazendo crescer o rebanho de Nosso Senhor Jesus Cristo, o Bom Pastor…

Beato João Paulo II, Rogai por nós… Intercedei a Deus Por Nós…

 

 

João Paulo II

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...